Momento Poema


Nós somos 2 trens bala

Você saiu para chegar em minha saída

Eu saí com destino a sua última chegada

Vamos disparadas

Sem escalas

Rumo a se encontrar

Nos vagões levo o que sou

Conhecer a locomotiva

A loucamotiva

Nós somos trem

Que bala!

2 comentários:

Ric disse...

Muito "bala" esse poema!

Cafundó disse...

Poeminha "bala" de menta, senta, senta, senta!