Maestro Zezinho, qual é a música?

"Eu quero ir, minha gente, eu não sou daqui, eu não tenho nada, quero ver Irene rir , quero ver Irene dar sua risada, quero ver Irene dar sua risada, Irene ri, Irene ri, Irene Irene ri, Irene ri, Irene. Quero ver Irene dar sua risada. Eu quero ir, minha gente, eu não sou daqui, eu não tenho nada, quero ver Irene rir, quero ver Irene dar sua risada: Irene ri, Irene ri, Irene Irene ri, Irene ri, Irene, quero ver Irene dar sua risada"



Muita gente pensa que tenho tatuagem.
Muita gente pensa que sou atriz.
Muita gente pensa que sou Lan Lan.
Muita gente pensa que não sou daqui.
Muita gente pensa que sou muito séria,mas não sou tanto assim.

Quando eu era pequena não gostava
quando alguém cantava essa música,
se abaixando, mostrando os dentes, tentando ser simpático.
O efeito era contrário, eu ficava de bico mesmo.
Hoje percebo que ela parece um mantra, se repete,
e diz a mesma coisa de trás pra frente:
ireneri. Uma palavra circular, infinita.
Criança não gosta de mantra, minha gente,
e ainda mais mandar rir sem motivo.
E sendo uma palavra ao contrário, claro que o efeito era contrário.
Hoje pode cantar que eu desfaço o bico.

Um comentário:

Marcelo Mendonça disse...

E eu que sempre quis rir com vc dessa música... bjo