Cantadas Fora do Tom

Ela se produziu toda para ir a um ensaio. Chegando lá, um cara fortão, suarento tira ela para dançar. Para não arrumar confusão, ela aceita. Mas o cara suava tanto que ela já não estava suportando mais.

Ela diz:
- Você SUA, hein.

Ele puxou ela, lascou um beijo e respondeu:
- Também vô sê seu, minha princesa.

7 comentários:

marcelomendo@gmail.com disse...

ADORO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Padre Alfredo disse...

mas quanto o tempo é quente demais eu dou pra SUAR BUNDA

thiago disse...

hahahaha!! muito bom! adorei o blog, estou visitando pela primeira vez e vou voltar com certeza!
abraço a todos

Nadja Pereira disse...

huhauauhauhauhauahauhauhauahuahua

Cê SUA? huahauahauhaa
gostei muito do blog, do caralha (sem trocadilhos)!

Jana disse...

ah, essas aliterações, sou terrível com elas.

Passei dois anos gritando "CAMINHAAAAA!!!" qdo me perguntavam "em caminho de tatu fêmea tatu caminha dentro?"

Passei mais outro tanto sem entender os risos que causavam o título do filme "Tarzan em terra minha"

agora, já sei, finjo que entendo.

Diogo Lyra disse...

Soberbo!!!!!

pequenosdelitos disse...

Ah, essa língua portuguesa.
:-)