4 anos

Na escola sempre que tinha reunião com professores ou festinha, principalmente dia dos pais, ficava aquele perguntê.

A mãe resolveu então contar pra ela todo o processo de inseminação artificial, bem explicadinho, detalhe por detalhe. Assim, ela não ficaria fantasiando sobre seu pai.

Até que numa festinha de aniversário, o pipoqueiro, querendo puxar papo, pergunta inocentemente:
- Cadê seu pai?

Ela, agora munida de informações, diz com uma certa impaciência entre os dentinhos e com as mãozinhas explicativas:
- Eu não tenho pai, eu fui comprada.

4 comentários:

Diogo Lyra disse...

Que atire a primeira pedra quem nunca atirou a primeira pedra...

Joana disse...

hahahahahaahahahahaha

criança é gênio!

Marcelo Mendonça disse...

adoro!

Marcos Cajaíba disse...

Criança sempre dizendo que "o rei está nu"...