Jucicleide

Com uma travessa de arroz na mão, ela pergunta:

- D. Ana, esquento o arroz no microônibus?

A patroa toda colaborativa e com um riso sincero diz:

- Não é microônibus, Cleide, é microondas.

Ela responde:

- Eu sei.

E continua:

- É que eu trabalhei muitos anos na casa de uns italianos e ai peguei esse sotaque.

História contada por Ricardo Castro

3 comentários:

LEO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo Mendonça disse...

KKKralho!

Vavá disse...

Impressionante essa facilidade da Jucicleide com idiomas...
Foi ótima!!!
Abraços