Música ao Vivo

Voar, voar, subir, subir

- Que isso? Música em bar ou ditado de escola?

Ir por onde for descer até o céu cair

- Olhe que você vai parar no Youtube de novo...

Ou mudar de cor, anjos de gás, asas de ilusão

- Essa frase eu preciso pensar mais...não sei porque lembrei daquele padre que subiu no balão e sumiu...

E um sonho audaz, feito um balaaaão...

- Tá vendo...o padre.... eee.. é nessa hora que ele grita e desafina, é pior que Vanusa cantando o hino.. mas gente cantava e desafinava junto, diga que não?

No ar, no ar , eu sou assim, brilho do farol, além do mais, amargo fim, simplesmente sol...

- Garçom, traga logo 2 Ices, tudo dele é repetido, voar, voar, no ar, no ar, sanduiche, iche iche...

Rock do bom, ou quem sabe jazz, som sobre som, bem mais, bem mais...

Traga logo 3, garçom, vou beber tudo de vez, gole sobre gole

O que sai de mim vem do prazer

- Biafra fazia a gente cantar isso com 15 anos e nem tinha noção do que dizia

De querer sentir o que eu não posso ter, o que faz de mim, ser o que sou, é gostar de ir, por onde ninguém for...

- Tai... gostei dessa parte, mas pode ser porque já bebi 2 ices de vez

Do alto coração, mais alto coraaaação...

- Mais baixo, Biafra, mais baixo...grita baixo

Viver, viver e não fingir, esconder no olhar, pedir não mais, que permitir,

- Lá vem ele repetindo as palavras, menina...

Jogos de azar, fauno lunar, sombras no porão

- Fauno lunar? Sombras no porão? ele fez essa música depois da queda... ele é que é Icaro né, bateu a cabeça e fez a música.

E um show vulgar todo veraaaaão.

- Ele tá falando do Festival de Verão.

Fugir, meu bem, pra ser feliz, só no pólo sul, não vou mudar do meu país, nem vestir azul...

- Eu ouvi isso mesmo, vocês ouviram isso?

Faça o sinal, cante uma canção sentimental, em qualquer tom...

- A década de 80 realmente foi uma década estranha...

Repetir o amor já satisfaz, dentro do bombom, há um licor a mais

- Ahhh... por isso ele repete as palavras, gente, ele repete o amor...entendi...trepar, trepar, subir, subir...

Ir até que um dia, chegue enfim, em que o sol derreta, a cera até o fim...

- Cai logo Icaro, cai e leva Biafra junto

Do alto, coração, mais alto, coraçaaaão...

- Fechei o ouvido e tô saindo do bar, lembrei que ele vai repetir a música...alguém paga minhas ices?

7 comentários:

Dani (ela) disse...

nunca em toda minha vida, tinha parado para 'ler' essa música. cantava na adolescência às cegas. e se tivessem colocado no vestibular da época, tinha saído cada pérola!

massa!

Marcelo Mendonça disse...

Meu Deeus! Biafra é surreal!

MH zinha disse...

"...a década de 80 realmente foi uma década estranha"....é Ótimo!!
rsrs

Bjs

Elga Arantes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elga Arantes disse...

kkkkk
kkkkk
kkkkk

"sanduiche, iche, iche..." foi o melhor!!!

e, sim:

"...a década de 80 realmente foi uma década estranha"... e boa!!!

Quando a gente fica nostálgico é prova de que estamos ficando velhos, de verdade.

Muito bom!

Letícia Ribeiro disse...

alguém paga a grade de cerveja?

hááááááá

Evandro Varella disse...

Um verdadeiro ícone do trash dos anos 80!!!
Só ão apareceu mais porque tinha muita concorrência na época!