Movimento Negro

Seis imigrantes clandestinos foram presos no final da manhã deste sábado, 22, no Porto de Aratu. Os homens, com idades entre 20 e 30 anos e provenientes da Nigéria, foram presos pela Guarda Costeira ao tentar fugir do navio Max Oldernoss, de bandeira do Panamá, atracado no porto desde sexta-feira, 21.
Segundo informações da Companhia de Docas do Estado da Bahia (Codeba), eles fugiram do seu país para buscar emprego no Brasil. A Polícia Federal (PF) está a caminho do Porto de Aratu para ouvir os nigerianos.
Os imigrantes devem ser transferidos ainda neste sábado para o Departamento da PF, em Água de Meninos, onde ficarão sob custódia até serem repatriados para seu país de origem.

PODE A "AFRICA BRASILEIRA" REPATRIAR NIGERIANOS ?
COM A PALAVRA OS MOVIMENTOS NEGROS, DE DIREITOS HUMANOS, IGUALDADE E REPARAÇÃO.

15 comentários:

Anônimo disse...

Durante quase 200 anos, a população de vilas inteiras do território que hoje se conhece como Nigéria foi levada como escrava ao Brasil.
E agora, vamos expulsar nosso irmãos?
Leo

Anônimo disse...

“Queria dizer ao presidente Wade e ao povo do Senegal e da África que não tenho nenhuma responsabilidade com o que aconteceu no século 18, nos séculos 16 e 17. Mas penso que é uma boa política dizer ao povo do Senegal e ao povo da África: perdão pelo que fizemos aos negros”, disse Lula.
TÁ NA HORA DE PROVAR ISSO!

Renildo Barbosa disse...

vou chamar Geddel!!!! Geddel, cuidai de nós!!!!!!

Carla disse...

E o cumprimento da lei de que tanto se fala, e que tanto se almeja no Brasil? So porque eles sao nigerianos vamos esquecer que estao entrando territorio brasileiro ilegalmente?
Se o assunto e reparacao, e bom que se coloque uma clausula na lei de imigracao dando aos negros africanos o direito de migrar pra Salvador, a Africa brasileira, sempre que quiserem, sem que precisem pedir autorizacao especial ou visto. Mas, no momento, ha uma lei a ser cumprida, pra brancos ou pra pretos, nigerianos ou franceses, ou ainda americanos.

Anônimo disse...

É só ver a quantidade de Africanos que imigram ilegalmente, quase todos os dias e de forma rudimentar para varios locais da europa, em especial Espanha.

E os problemas que surgem depois...

Da uma pesquisada.

ELon disse...

isso é um absurdo...

www.tiagolima.com disse...

Não faço parte de nenhum movimento negro, nem de direitos humanos. Sou baiano ali do bairro de Nazaré, perto do Colégio Central.

Acho que esse é um assunto muito delicado. primeiro por ter acontecido na Bahia, segundo por envolver algo que conforme ja foi comentado pode trazer alguns problemas mais adiante.

A questão de sermos uma cidade com um passado marcado pela escravidão e ate hoje por diferenças sociais medidas pela cor da pele confere direito a imigração ilegal e irrestrita? Nao seria isso uma forma de tentar reparar um erro com outro?

Nao seria os termos "clandestino", "presos" e "custódia" tão execráveis que nos desperta uma indignação que nos cega as leis de como transitar em um país legalmente?

Acredito que existem outras maneiras de se chegar e principalmente sair do Brasil. E com certeza não é atraves de um navio cargueiro, comendo o pão que o diabo amassou, nem pelas mãos da impiedosa policia federal.

O que seria desses homem ao se deparar com uma Salvador muitas vezes cruel até com seus irmãos negros? Nossa cidade precisa e deve estar aberta a quem chega e é de paz mas antes tem de aprender tambem a pelo menos tratar todos igualmente.

Si disse...

Aqui, tudo pode.

Padre Alfredo disse...

E atendendo à sugestão de ANÔNIMO, andei pesquisando:
Os nigerianos embarcaram clandestinamente.
Na longa travessia, com fome e sede, beberam até urina para sobreviver;
Foram presos pela tripulação;
Dois morreram e foram jogados ao mar;
Na Bahia tentaram fugir e foram presos pela PF;
Por decisão judicial estão sob custódia de empresa privada, em lugar não revelado pela PF;

Nenhuma notícia de avaliação médica ou apoio psicológico para os nigerianos.
Entidades da Sociedade Civil têm se manifestado.

Recordo que da Nigéria veio o maior contingente de negros-escravizados para o Brasil.
Recordo que incursões de povos nórdicos, no Continente africano, habitualmente foram exploratórias, cruéis e desumanas.
E sobre cumprimento das leis, Carla, lembro que a escravidão, a ditadura, o exílio, a censura, e outras mazelas sociais praticadas no Brasil, foram sempre escudadas em leis.
Neste país de tantas leis, sabemos muito bem os interesses dos que as fazem e que as movem.
Nem toda lei é justa!

jorginho da hora disse...

Velho, é realmente expantoso, o Brasileiro não gosta de africano. Isso já ficou bem claro em varias oportunidades. Cadê o movimento negro nessas horas ? Vai ver seus integrantes tão muito ocupados caçando grigas no pelourinho. Será que a lei do asilo politico não se aplica no caso deles ?

tiago. disse...

acho complicado falar que brasileiro nao gosta de africano. reducionista demais essa teoria.


parabéns ao blog por levantar uma questao dessas baseado num assunto real.

abraços a todos

Alex disse...

Nem toda lei é justa, concordo, porém ou tem que ser cumprida ou, anulada. Por enquanto, acho que deve valer o critério do não-estímulo à imigração ilegal. Até para evitar que outros nigerianos (ou quaisquer outros seres humanos, africanos ou não) arrisquem suas vidas porque se abriu um precedente. Já temos problemas demais, creio eu, e recursos financeiros de menos.

Encontro aqui muitas opiniões e bem fundamentadas. Parabéns pelo nível. Exceto por certos clichês do tipo fofoquinha-de-quem-caça-quem ou um tratamento da sociedade brasileira como se fosse homogênea e como todos no Brasil fossem igualmente a favor ou contra o que quer que seja.
Reparação. Mas com bom senso.

Esquadros disse...

Se fugiram de seu país não foi por motivo torpe...então nós da Africa que fica no Sul da America, deviamos receber com os mesmos braços abertos que não somos abraçados por nosso governo...a unica coisa que valerá a pena será que dividirimos o nosso acarajé de cada dia com nossos irmãos...

Esquadros disse...

Achei o pensamento que descreve minha idéia sobre este assunto...

"Teu dever é lutar pelo direito, mas no dia em que encontrares o direito em conflito com a justiça, luta pela justiça" (Dos mandamentos do advogado redigidos por EDUARDO COUTURE)

Gosto muito desta atitude em prol de Reparação que os movimentos negros tem lutado...

Anônimo disse...

Sinceramente, vamos acabar com esse sensacionalismo todo! Esses africanos entraram ilegal no país e devem ser expulso, como todo e qualquer ilegal. A lei existe e é para ser cumprida, independente do que for. Em todo e qualquer país do mundo, inclusive africano, os ilegais são expulsos e fim de papo. Quanto a escravidão que teve no Brasil, a culpa é toda dos portugueses e não dos brasileiros, então que page a conta Portugal e não o Brasil, afinal foram eles (os portugueses) que trouxeram, tornaram escravos, e ainda ficaram com os lucros todo. Chega de alienação e "humanismo".