Momento Poema

Isso não cura

É ferida de diabético

É um morto que vive

E não sei como e nem onde enterrar

Tem muita coisa engasgada que eu queria falar

Se tivesse um velório

Tenho uma caixa preta perdida no fundo de algum mar

Queria ouvir quais foram suas últimas palavras antes de me morrer

Sim, eu não me conformo

Quer saber? Eu choro

Pior que perder

É não saber o por quê.

2 comentários:

A viajante disse...

Pior que não saber, é deixar de viver... "levanta,sacode a poeira e dá volta por cima..." Bj

Irene Carballido disse...

Nem tudo é verdade, nem tudo é mentira.
bjs