Momento Poesia

Eu não devia tentar fazer poesia

Não sei rimar

Não sei métrica

São só palavras do que vivo a calar

São meus dias em rimas mal rimadas

Dizendo pra fora o que só digo para dentro

Um vernissage de palavras de quem não sabe pintar.

2 comentários:

Gladson Amaral disse...

- Hai ai... Essa Irene, é como clube social.
- Diversos sabores?
- Não, cabeção. É INCONFUNDIVEL.

Jana. disse...

continue tentando fazer poesia, por favor!