Maestro Zezinho, qual é a música?

Ae, ae, ae, ae, ei, ei, ei, ei, oô, oô, oô, oô, oô, oô, o, quando você chegar, quando você chegar, numa nova estação, te espero no verão, salve, Salvador, me bato,me quebro tudo por amor, eu sou do Pelô, o negro é raça é fruto do amor, salve, Salvador, me bato, me quebro tudo por amor, eu sou do Pelô.Ae, ae, ae, ae, ei, ei, ei, ei, oô, oô, oô, oô, oô, oô, o,

Baiano é engraçado viu. Canta cada coisa, fala cada coisa. Eu estava pensando: aqui até rua tem apelido, a gente bota o nome que quer nas ruas, às vezes, sem ter nada a ver com o verdadeiro nome. Por exemplo:

Av. Mario Leal Ferreira é Bonocô.

A Luiz Vianna Filho é Paralela.

Otavio Mangabeira é Orla.

Já a Av.Sete de Setembro é Avenida 7, mas também pode ser Corredor da Vitória e Ladeira da Barra.

A rua é J.J. Seabra mas "pronunceia" Baixa do Sapateiro, como disse um ambulante ao turista.

E Brotas? O que é Brotas, gente? Ali tem Campinas de Brotas, Acupe de Brotas, Matatu de Brotas, Engenho Velho de Brotas. Tudo é Brotas.

Voce tá no Bonocô sobe um ladeira tá em Brotas. Você está em Brotas desce uma ladeira tá na Vasco, Vasco viu, não é Av Vasco da Gama não, é na Vasco. Você está ali, ali no Bompreço, no Hiper, sobe uma ladeira tá em Brotas. Até se você estiver em Vilas, Villas do Atlantico, e subir uma ladeira você dá em Brotas.

Como diz Ricardo:

- Brotas é uma ilha cercada por Salvador.

7 comentários:

babaludecebola disse...

Eu moro em brotas, por acaso.

Evandro Varella disse...

E não é que são essas pequenas, mas inúmeras coisas que fazem do Baiano e da Bahia ser é delícia que são!
Adoro a Bahia!
Abraços

Dani (ela) disse...

pô, Brotas e uma cidade com vários bairros dentro dela...

Marcelo Mendonça disse...

BROTOeja só de pensar...

Marcelo Mendonça disse...

BROTOeja só de pensar...

Gica Rodrgues disse...

Hahahah Adorei! É verdade que Salvador poderia até se chamar "Brotas"... realmente de qualquer canto se chega lá...
Do Dique, da Vasco, do Bonocô, da Barros Reis, da Djalma Dutra, do Iguatemi, da Chapada... êita!

ThaisFigueiredo disse...

Hahahah... Muito boa.
Li uma vez que precisava de passaporte para atravessar Brotas, que se falava um dialeto próprio no bairro, coisa do tipo. Mas esta definição de ser uma ilha... muito bom!