Momento Poema

Sou trilhões de pessoas

zilhões de mulheres

muitos homens tenho dentro de mim

meninos muitos

meninas tantas

tenho crianças

bêbes

quando eles se encontram, tenho multidões

tenho tumultos.

6 comentários:

Ric disse...

Que algazarra íntima, hein?!

Letícia Ribeiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Letícia Ribeiro disse...

Tem um painho tb

hehehehe

Zana Sampaio disse...

tantas personas..imagine isso em "horário de pico"...uahuaauhauh

Dani (ela) disse...

lembrei de uma música da Marina que ela fica grávida até de um furacão, de um fio de cabelo, de uma cidade...

Rick disse...

Arquétipos