Em cartaz

Mulata, caipirinha e música brasileira são cardápio internacional de cada esquina parisiense. Nossas delícias exploradas, assim como a chacina à língua portuguesa.

4 comentários:

Anônimo disse...

E eu perambulando pelas Cajazeiras
Cris

Paulo Bono disse...

o cartaz é bala!
mas quero ver eles fazerem uma batida de gengibre decente.
abração, Zinedine Mendonça.

Padre Alfredo disse...

Do Pigalle ao Pelourinho.
Valeu Marcelão.

DJAMAN disse...

É a verdadeira "expressão" da nossa cultura... kkkkkk