Meus Textos Deles

Quase 25 é calafrio. São fotos desbotando na parede, novos perfumes, livros se acumulando na estante. É um começo de papo com o tempo. Uma vontade de futuro que agora segura na mão do passado. Quase 25 é andar com um dos olhos aberto (até então eram os dois fechados), ter os cabelos mais vezes soltos - e talvez os desejos também. É descobrir que os discos antigos são deliciosamente melhores. E que não se passaram apenas 2 anos, mas 10. É sentir um princípio de saudosismo. E uma afirmação de auto-suficiência. É ter um pé na razão (e o outro ainda na pista de dança). Amigos mais firmes. Bebidas mais variadas (a vodka continua tendo seu lugar). Quase 25 é estar ora corrida, ora mais lenta, ora afoita, ora tranqüila. Como quem pede a música no volume máximo, mas pensa na Sucom.

Vinte e poucos ou vinte e tantos? 25 é exatamente no meio. Dá mais uma dose e ano que vem eu respondo.

Por Camila Lordelo em www.semaspas.blogger.com.br

2 comentários:

Sarah disse...

que ótimo! conheço o blog da Camila, sempre leio e adoro. Conheço este texto, éindo!
;-)
bjs

Diogo Lyra disse...

Putz, aguarde os 29/30 pra ver o que é bom!!!!
;D