HOJE

Domingo é sempre esse dia que mora entre o início de tudo e o fim dessas mesmas coisas. Quando criança o domingo tinha gosto de feijoada com coca-cola, som de Silvio Santos ( Chato...) e uma tristeza que invadia a casa quando terminava o Fantástico e a gente lembrava que faltava resolver uma lição que deveria ser entregue na primeira aula do dia seguinte.

Hoje é domingo. Vou comer light e depois vou ao cinema com amigos. Amanhã não tem uma lição pra entregar. Tem uma pra aprender. Sempre. Isso sim é Fantastico!

3 comentários:

Quintal de Irene disse...

muito bom

Vinícius Alves disse...

Uma tal e umas tantas para aprender neste dia de amanhã. Nesses domingos eternos que nos vêm a cada dia e nos trazem também os próximos por mais e mais tempo. Eles criam o ciclo gostoso da vida!

Enfim: é aprender sempre... construir sempre... e, se necessário, recomeçar sempre!

"Estamos meu bem por um triz, pro dia nascer feliz..."(Cazuza)

Belo texto! Belo DomingoS!

Abraço.

Cau disse...

Domingos são esperançosos, pelo menos sempre me pareceram. Sinto saudades da infância e de quando podia viver sem preocupações e sem responsabilidades, que me esperam hoje na segunda-feira.
Domingos são bons quando sabemos aproveitá-los. Este eu não aproveitei [[]sifudi]]].

Abrazzöz!